Claudinei Ferreira Advocacia
 
Claudinei Ferreira Advocacia 35 3425.0059 | 35 98868.0059
 
 

Arquivo de Notícias

 
Claudinei Ferreira Advocacia
 
 

PREFEITURA DE BELO HORIZONTE REGULAMENTA O PARCELAMENTO DE CRÉDITOS TRIBUTÁRIOS


A Prefeitura de Belo Horizonte publicou, ontem (20/12/2017), o Decreto nº 16.809/17, que regulamenta o parcelamento e o reparcelamento de créditos tributários, fiscais e de preços públicos de que trata a Lei nº 10.082/11.  

O Decreto subdivide o parcelamento em duas categorias conforme o número de parcelas formalizadas, quais sejam, o ordinário, quando o contribuinte formaliza o parcelamento em até 60 parcelas, e o extraordinário, quando o contribuinte formaliza o parcelamento em 61 até o limite de 180 parcelas.

Cumpre esclarecer que, no caso do parcelamento extraordinário (entre 61 a 180 parcelas), o deferimento do pedido fica condicionado à aprovação pela Comissão de Análise de Parcelamentos, bem como à realização de um depósito inicial que varia entre 9% a 21% do valor do crédito parcelado, a depender do número de parcelas selecionadas para pagamento.

Outro ponto que merece destaque é a limitação do número de parcelas aos créditos ajuizados, isto é, aqueles que já se encontram em fase de cobrança judicial. Em relação à esses créditos o Decreto é claro ao limitar o parcelamento ao número máximo de 60 parcelas.

Ademais, no que tange ao créditos ajuizados e já garantidos por penhora ou arresto, a limitação é ainda mais contundente, pois se houver restrições, decretação de indisponibilidade ou ordem de leilão aos bens imóveis ou móveis penhorados ou arrestados, o número de parcelas é de, no máximo, 3 e, caso não haja as restrições antes mencionadas, de, no máximo, 24 parcelas.

Em relação aos benefícios trazidos pelo parcelamento, o Decreto trouxe a possibilidade de aplicação de desconto no caso de antecipação de parcelas, o qual chega ao montante de 10% aplicado sobre a parcela paga antecipadamente.

Destarte, a cada doze parcelas, quitadas na ordem sequencial de vencimento, o contribuinte fará jus ao abatimento da última parcela restante do respectivo parcelamento em conformidade com a Tabela de Bônus de Adimplência elaborada pela Prefeitura de Belo Horizonte.

Para mais informações, dúvidas ou esclarecimentos a respeito do parcelamento instituído pela Prefeitura de Belo Horizonte, entre em contato com o nosso escritório.

Fonte: Jabour Brandão Alkmim Advocacia e Consultoria


Notícia publicada em: 21-12-2017

 
 
VOLTAR
 
Claudinei Ferreira Advocacia
 
Claudinei Ferreira Advocacia Claudinei Ferreira Advocacia Claudinei Ferreira Advocacia
 

cadastre-se para receber nossos e-mails

 

©2018 Claudinei Ferreira Advocacia - Todos os Direitos Reservados

O Escritório     Áreas de Atuação     Advogados e Parceiros     Responsabilidade     Fale Conosco